top of page

Como prevenir as dores musculares causadas por más posturas


Geralmente, as dores musculares derivam das posturas que adotamos no dia - a - dia. Por um motivo ou por outro o nosso esqueleto também se adapta à realidade que nos expomos.

Verifique sempre alguns aspetos, por exemplo no seu trabalho, que podem ajudar a reduzir substancialmente as suas dores.

Em primeiro lugar, verifique a regulação da sua cadeira face ao computador, ou secretária.

Estes devem estar alinhados. Quando se senta na cadeira as pernas devem ficar num ângulo de 90 graus. Caso não consiga, compre os bancos adaptadores para que os pés fiquem confortáveis. Pode também, optar por se sentar numa bola Fitball. Algumas empresas já o permitem.

Segundo, verifique se o computador está ajustado na altura da sua visão. Não deixe os braços suspensos, pois ao fim de umas horas de trabalho, as dores e o desconforto aparecerão nos ombros e zona do trapézio.

Terceiro, ajuste a papelada do trabalho por forma a evitar gestos repetidos, nomeadamente, se forem sempre para o mesmo lado. Os músculos do pescoço entrarão em conflito, e a probabilidade do aparecimento de patologias cervicais e torcicolos, será bastante.

Quarto, veja se necessita de óculos. Grande parte das pessoas, estão ao computador sem usarem a graduação adequada. Acontece que, se estivermos a esforçar o ângulo de visão, também, estamos a esforçar os músculos responsáveis pela contração ocular. Para além de, começarmos a sentir muita pressão na zona da testa e olhos, também iremos sentir a zona das cervicais, visto que o nervo ótico passa por lá.

Muito importante também, que alongue as pernas, quando tiver algum tempo sentado(a), isto porque quando estamos nessa posição contraímos um músculo que se chama "PSCOAS" e este está intimamente ligado à zona lombar e quando em tensão, causa um desconforto enorme na zona lombar, impossibilitando das tarefas do dia- a-dia.

Pode então alongar - lo puxando o calcanhar para trás e para cima na direção da nádega, fazendo a flexão da perna. Permaneça alguns segundos, sentido a parte da frente da coxa esticar.

Recorra também a alongamentos básicos, como, levar as mãos ao chão, com as pernas esticadas, espreguiçar os braços para o teto numa parede e abraçar as costas da cadeira com os braços e abrir o peito, por exemplo, por forma a minimizar a tensão ao longo do dia.

Para os leitores cuja atividade seja permanecer muitas horas de pé, poderão fazer os mesmos alongamentos e deverão permanecer com o peso do corpo distribuído pelos dois membros. Neste caso, o objetivo é evitar descansar num lado do corpo, pois a longo prazo os danos na anca serão visíveis e as dores de joelhos, permanente.

No caso de algumas dores de joelho, podem ser resolvidas com o alongamento dos "gémeos" ou o que se chama no nome comum, barriga da perna.

Esse alongamento pode ser feito colocando a biqueira do pé junto à parede, manter a perna esticada e inclinar o tronco ligeiramente à frente até sentir a "barriga da perna".

Caso sinta muitas dores, procure um profissional, quer seja da medicina natural ou alopata. O importante será fazer alguma coisa por si.


20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page